Postado no dia 26 de julho de 2014, por em Imagens.
Quando eu vejo esse povo quebrando o nariz eu do muita risada kkkkkkkkk
Esse cara aqui mesmo trocou mais de “vice” do que eu troco de cueca rsrs 
em dois dias ele trocou de vice 3 vezes rsrs, acho que ele ta precisando é de alguém com moral
o suficiente pra erguer a campanha dele, porque ele sozinho não vai da conta não.
Segue abaixo a matéria do Fiasco do lançamento da candidatura dele.

Fiasco. Esta é a
palavra que define o lançamento, em Vilhena, da candidatura do
governador Confúcio Moura à reeleição. Depois de quase uma hora do
início do evento, o que se via eram cadeiras vazias e um aglomerado de
portariados de diversas secretarias de estado, que, como se sabe, tem
obrigação moral de marcar presença. Com capacidade para 480 pessoas
sentadas, o auditório da AVEC, não lotou nem a metade dos assentos.

 Posta a mesa de autoridades, os candidatos a deputados estaduais e
federais da coligação de Confúcio foram chamados e fizeram uso da
palavra. A grande “zebra” foi o convite ao ex prefeito e condenado Melki
Donadon, que, ao se dirigir à mesa, foi ovacionado pelos portariados de
Confúcio, quase criando um desconforto. Não houve o entusiasmo que se
prega nos bastidores do governo. O cerimonialista oficial da campanha,
Roni Abiqueyla Freitas, bem que tentou injetar ânimo, mas, o frio de
Vilhena parece ter influenciado o apático público pago para estar
presente.
Duas observações podem ser feitas ao resultado do evento. A primeira é
que a popularidade do governador está em baixa em Vilhena e a segunda, é
que o coordenador de campanha de Confúcio no cone sul, o ex prefeito de
Cerejeiras, Cleber Calixto, ainda não “acordou” para o tamanho da
missão que tem pela frente e deixou a desejar na organização e
divulgação do evento. Se depender do lançamento em Vilhena, pode-se
dizer que a campanha à reeleição de Confúcio Moura ainda não saiu do
chão. Talvez porque o seu “avião” esteja muito lotado, impedindo sua
decolagem.
Fonte: (VILHETAÇO)

Comentários... Comente via Facebook: