Nenhum país do mundo gasta tanto dinheiro como os Estados Unidos quando o assunto é guerra. São mais de US$ 600 bilhões por ano no setor militar, valor que é superior até mesmo à soma dos outros sete países que estão no topo desse ranking bélico. Apesar disso, não faltam histórias de investimentos fracassados pelo lado dos norte-americanos, e uma das mais bizarras é a do Complexo de Defesa Stanley R. Mickelsen.

Em meio à Guerra Fria, o presidente Richard Nixon anunciou a criação do Programa Safeguard, em 1969. A ideia do projeto era construir uma série de bases militares espalhadas pelo território do país capazes de interceptar possíveis mísseis nucleares lançados pela União Soviética. Porém, o plano foi abandonado logo após a conclusão da primeira base, que custou cerca de US$ 6 bilhões.

1

No dia 1º de outubro de 1975, os Estados Unidos inauguraram o Complexo de Defesa Stanley R. Mickelsen, localizado perto da cidade de Nekoma, no estado da Dakota do Norte. No dia seguinte, o Congresso Nacional votou pelo encerramento do projeto, alegando ineficiência defensiva. Era o fim mais rápido de uma base militar na história moderna. 

Continue Lendo

Histórias de canibais, embora despertem a nossa curiosidade — mórbida, diga-se de passagem —, geralmente são de arrepiar e revirar o estômago. A de Issei Sagawa não é diferente e traz uma pitadinha extra de perversidade: esse cara não só anda solto por aí, como qualquer cidadão, como pretende devorar carne humana de novo. Pois é, caro leitor, apesar de ter sido pego, esse cara conseguiu se livrar da prisão e alimenta o desejo de atacar outra vez.

Continue Lendo

pintura de rua, ou arte de rua, geralmente é concebida para captar a atenção de quem a observa. Além de cumprir esse papel, elas também interagem e deixam o meio ambiente ainda mais belo e cativante. Na maioria das vezes, os artistas que praticam esse tipo de arte usam uma técnica especial para transmitir os verdadeiros sentimentos. Dessa forma, cada pintura de rua revela as cinzas escondidas em paredes e o que realmente existe por trás do lixo. O resultado disso é a arte adaptada em volta da natureza, deixando-a com expressão bastante realista, como se a pintura de rua realmente fizesse parte daquele determinado lugar. Confira a incrível pintura de rua que interage com o meio ambiente.

Pintura de rua

Continue Lendo

Arte de rua 3D

Nikolaj Arndt é um talentoso artista e professor russo responsável por pintar incríveis obras de arte de rua 3Dmuito realistas desde 2009. A arte de rua 3D ilusória de Nikolaj Arndt nos dá a impressão de que a pintura está viva. Os traços e as cores fortes passam a sensação de que o desenho está mexendo e saltando do local, dependendo da perspectiva em que seja visto. Nikolaj Arndt usa a imaginação para revelar, com cores brilhantes e bem humoradas, o que o mundo esconde sob a roupa cinza das ruas, estradas, paredes e calçadas. Confira a fascinante arte de rua 3D do ilustrador russo Nikolaj Arndt.

Continue Lendo

1. Gravity Max

Se existe uma montanha-russa que faz as mãos suarem do começo ao fim é a Gravity Max, atração do Discovery World, parque temático em Taiwan. Inaugurada em 2002, ela pode alcançar uma altura de 35 metros e uma velocidade máxima de 90 quilômetros por hora. É a primeira estrutura no mundo a contar com uma inclinação de 90 graus.

(Reprodução/YouTube)

Continue Lendo

Página 4 de 149« 1 2 3 4 5 6 7 »